Pratica da vida integral


Realizar a vida integral do dia-a-dia sem esforço, presente e autentico através dos próprios recursos.



A PRATICA DA VIDA INTEGRAL é baseado no conceito integral de Ken Wilber. Neste campo o método da Anna Scheer focaliza o desenvolvimento da competência do movimento e a abordagem do Embodiment.

A interação entre a realidade interior e o corpo como realidade exterior está em primeiro plano, integrando as ligações coletivas e sistêmicas, suas interações e os outros componentes centrais do conceito integral. Muitas outras capacidades naturais são promovidas e despertadas com base na teoria dos 5 elementos do balanço dinâmico e da comunicação na vista integral.

A PRATICA DA VIDA INTEGRAL abre novas perspectivas sobre como extrair força dos próprios recursos bem como focar e otimizar as potencialidades individuais, proporciona mais percepção e é a pedra de toque para a evolução pessoal, cultural e social.



Abordagem e objetivos
A abordagem fundamenta-se no treinamento da competência de movimento e no refinamento da qualidade do movimento.

Competência de movimento designa a capacidade de utilizar-se o próprio movimento para solucionar desafios de natureza motora, cognitiva ou social através do movimento e de adotar um comportamento melhor apropriado às situações. O foco está neste caso especifico na capacidade de solucionar, através do movimento e da linguagem corporal, os desafios com os próprios recursos individuais e físicos.

Os conhecimentos do Embodiment também constituem parte do fundamento, através dos quais a interação de corpo e mente possa ser levada em conta de forma mais apropriada em processos de aprendizagem.

Equilíbrio físico e interior saudável é a base para eficácia, balanço e competência social e comunicativa. Devido as posturas erradas ou compensadoras é consumida mais energia do que a necessária para manter-se o corpo ereto. Esta energia irá depois faltar num outro ponto e provocará em sistemas individuais como coletivos um estado de desequilíbrio. Déficit na evolução pessoal, como também pressões físicas e emocionais continuadas assim como trabalho excessivo podem manifestar-se em posturas defeituosas.

A PRATICA DA VIDA INTEGRAL ministra exercícios especiais direcionados que promovem o relaxamento e alongamento da musculatura que ajudam a erguer e estabilizar a estática corporal. Esta formação focaliza basicamente a postura pronta* do Moshe Feldenkrais. Aproximar-se deste estado pronto na verdade realiza a incorporação do ser maduro.

A proposta também pretende estimular o confronto vivo com processos criativos e, além disso, a utilização de recursos próprios. Para isso, serão instruídas sequências com trabalho físico com música. No processo ativo da aprendizagem, da criação e da percepção, é criado o estado do flow criativo, que produz calma (interior), a partir da qual crescem por sua vez a lucidez e a presença. A partir deste estado, aprender a perceber novos ímpetos (de movimento), deixar estar (ser) e exprimir, é um objetivo de aprendizagem fundamental, que pode ser transposto para outras áreas da vida ou trabalho, servindo também ao desenvolvimento da personalidade.